scataploft

Para ler ouvindo:

Sabe aqueles emails de power point que todo mundo deleta sem ler? Hoje recebi um deles e estava quase deletando, só que por curiosidade abri. Era uma mensagem bonitinha até, o de sempre na verdade, e no fim dele estava uma frase que chamou a minha atenção:
“Às vezes quando tudo dá errado acontecem coisas tão maravilhosas
que jamais teriam acontecido se tudo tivesse dado certo.”


Isso fez com que eu ficasse pensando tanta coisa e viajasse pra tão longe e daí deu aquele estalo e as coisas de repente ficaram claras. Nesses últimos dois anos eu tropecei tanto que até cansei. Sabe aqueles tropeços feios, que arrancam a tampa do dedão e não há band-aid que segure o sangue que jorra? Desses aí. E muita topada também, daquelas que a gente dá na quina das coisas que se metem no meio do caminho e deixam aquelas enormes marcas roxas que depois ficam verdes e depois amarelas e que doem toda vez que a gente encosta nelas. Tanta turbulência, tanta coisa de uma vez, tanta coisa dando errado e todas elas me forçando a perder a fé. Confesso que tive dúvidas, mas não perdi a esperança. Eu não sou religiosa do tipo de sempre ir à missa e pagar de beata, acho que isso nem faz tanta diferença assim já que igrejas estão cheias de pessoas hipócritas, mas acredito muito Deus, rezo sempre e acredito no fato de que Ele está sempre olhando por nós. E a minha vida no último ano é prova suficiente disso. Tudo o que podia dar errado deu, tudo o que podia acontecer aconteceu, cheguei a pensar ter chegado no fundo do poço e achei que não encontraria uma saída. Esbravejei e gritei pro mundo o tamanho da minha frustração e o quanto eu me senti sozinha, porque as pessoas que eu pensei que pudessem me apoiar foram os primeiros a me darem as costas. Só que depois de tudo isso, olhando pra trás e analisando tudo o que aconteceu, vejo que depois de ter atravessado esse mar revolto eu estou bem melhor do que estava antes desse turbilhão passar na minha vida. Não deu exatamente tudo certo, nada acabou ainda com um lindo final feliz, mas as coisas estão encaminhadas e eu sei claramente agora que caminho devo seguir. Eu cresci e amadureci muito mais do que eu imaginei. Não acho que eu realmente mereça esse tanto de oportunidades e coisas boas, mas aconteceu e eu sou grata por isso e espero fazer por merecer daqui pra frente.

Eu acredito que quando esse tipo de coisa acontece – da gente ler, ver ou escutar alguma coisa que nos faça refletir e encontrar respostas – não é tão ao acaso assim e que é Deus quem faz isso pra dar um chacoalhão e fazer a gente lembrar de agradecer ao invés de sempre reclamar e pedir mais. É um jeito de mostrar que não estamos sozinhos e que precisamos confiar que na hora certa as coisas vão se ajeitar.

{Juliana Bassan Ayon}

Recomendado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *