despertando

Para ler ouvindo:

http://grooveshark.com/songWidget.swf

Era um sábado igual a todos os outros. Eu estava revoltadíssima com a vida, sei lá eu porque, e tudo estava me irritando ao extremo. Liguei pro Jorge e perguntei que horas ele iria me buscar porque precisávamos ir à nossa casa e no caminho passaríamos pegar os Big Macs, porque era o Mc Dia Feliz e eu tinha comprado três tickets valendo um lanche: um pro Jorge, um pra minha mãe e um pra minha irmã, e queria buscá-los logo. Ele disse que ia demorar mais um pouco e que talvez fossemos na nossa casa só no domingo e eu naquela histeria toda berrei, com a ‘delicadeza’ que me é peculiar, se ele achava engraçado eu perder R$ 30,00 e falei também outras besteiras, que pra falar a verdade eu nem lembro direito, e que se lembrasse nem valeria a pena comentar. Daí ele, com toda a calma do universo, me respondeu: “Amor, você não perdeu R$ 30,00, pensa que você ajudou as criancinhas”. Literalmente quebrou as minhas pernas e me desarmou totalmente, me deixando gaga e muda ao mesmo tempo, sem saber o que responder depois desse tapa bem dado na minha cara. Ele tinha toda a razão. Que surto egoísta, Juliana! A causa era muito maior e eu fiquei pensando em quantas outras coisas eu estava olhando pelo lado errado, pelo pior lado, sem ver as coisas boas de cada uma dessas coisas. Nesse silêncio no telefone, onde os segundos pareceram demorar quinhentas vezes mais do que o normal, minha cabeça voou longe e deu um aperto no peito acompanhado de um frio na espinha de vergonha.

“Alô? Amor? Você tá aí?”

Ouvi a voz dele me chamando e fui trazida de volta dos meus pensamentos. Respondi um simples ‘aham’. A raiva de antes passou e de repente uma onda de calmaria me invadiu. Respondi que tudo bem e que esperaria ele chegar. Desliguei o telefone e fiquei lá com cara de tonta pensando no que tinha acabado de acontecer. Ver o óbvio é fácil, mas melhor ainda é ver além dele. Essa situação me fez lembrar de outras e fui me corrigindo mentalmente, enxergando alguns erros e pensando em como melhorar em outras partes. Uma única frase que me fez amadurecer mais um tiquinho nesse dia.             

E isso me fez lembrar que eu tenho uma das coisas que eu sempre desejei: ter alguém ao meu lado que desperte o melhor em mim.

{Juliana Bassan Ayon}

Recomendado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *