você não vai ficar rica e você não vai ir para paris

Para ler ouvindo:
Todos os meus sonhos são estranhos e normalmente muito confusos. Uma coisa interessante é que normalmente os sonhos mais loucos são nas noites de sexta pra sábado, talvez pelo fato do stress da semana estar no limite e por normalmente ser o dia em que eu durmo sossegada pois sei que no dia seguinte posso acordar tarde sem me preocupar com despertador. Já aconteceu de eu sonhar com coisas que aconteceram e também já teve casos de depois de um grande tombo eu lembrar algum sonho e entender o ‘sinal’ que ele queria me passar. E sempre serve de ‘risos’ nas conversas porque as pessoas nunca acreditam na minha capacidade de sonhar coisas bestas e improváveis e lembrar detalhes, como quando sonhei que vinham me contar que eu estava sendo traída e falavam nome e sobrenome da menina loira e quando acordei fui procurar no facebook e vi que ela existia, morava na minha cidade e era loira mesmo. Foi acaso, foi coincidência, quase nem fiquei surtada, mas já deixei um aviso pro meu noivo que se ele pensar em fazer alguma coisa do tipo eu mato. Coisa de gente louca tudo isso, eu sei, mas é verdade.




Na última noite de sexta pra sábado não foi diferente, tive um sonho agitado e talvez um dos mais estranhos, engraçados e absurdos que já tive na vida. Se bem que quando é o mais recente sempre parece o mais estranho. Mas então, sonhei que estava chegando em casa e encontrava com a minha mãe no caminho e ia conversando com ela, quando vinha uma menina e me dizia que tinha um pessoalzinho ali querendo falar comigo. Eu olhava pra minha mãe como quem diz “o que eu faço?” e ela me dizia pra ir. Beleza, daí eu acompanhava a menina e entrava numa sala grande, parecida com um refeitório, e tinha lá mais ou menos umas 20 pessoas. Daí todas essas pessoas começavam a me questionar sobre muitas coisas, me senti um réu em um julgamento sem advogado de defesa, questionavam sobre o que eu tenho feito na minha vida, sobre meus planos na minha casa, no meu relacionamento e todos eles, absolutamente TODOS, falavam coisas me desencorajando a seguir em frente com as minhas metas. E eu ficava ali sem entender como aquele povo que eu nunca tinha visto na vida sabia de tudo aquilo e ouvindo sem conseguir falar, porque eu não conseguia ser ouvida porque minha voz estava sendo massacrada por umas vinte vozes diferentes. Fui ficando nervosa. Daí uma das frases deu o estopim na minha revolta, um fulano lá falava “VOCÊ NÃO VAI FICAR RICA E VOCÊ NÃO VAI PARA PARIS”.

Oi? Ficar rica e ir pra Paris? De onde a galera tirou isso? Daí eu surtava e começava a gritar com eles. “Pera lááá, vocês não tem NAAAADA a ver com a minha vida. Alguém aqui paga minhas contas? NÃÃÃO NÉ! Me DEIXAAAA, vão todos A MERDAAA.” Tudo isso gritando, gesticulando e barraqueando, porque eu tenho sangue italiano e falo mais com as mãos do que com a boca e no sonho não era diferente. E daí tudo foi ficando cada vez mais confuso e rolava um barraco ENORME, e eu falando mais um monte de coisa e chorando sentida, de soluçar mesmo, e tinha mais algumas pessoas chorando também e eu nem entendi o motivo, e daí eu acordei assustada, cansada e com a cara molhada de chorar. Delirante? Totalmente. Depois, passado o desespero do susto ao acordar, como sempre virou motivo de risos.

De todo o barraco e de todas as coisas nesse sonho me lembro de algumas das coisas que eu falei, mas do que falaram pra mim ficou essa frase aí martelando na minha cabeça. Mas GENTE, ficar rica ou ir pra Paris não está na minha lista de sonhos ou planos, meus planos são mais humildes. Minha mãe, com sua teoria, disse que deve ser alguém que tá com olho gordo em cima das minhas coisas. Se for isso mesmo além de babaca é burro porque coloca olho gordo errado no negócio. Mas quem sabe não tá pra acontecer uma zebra aí e eu fico rica mesmo e vou passar férias em Paris? Não tá nos planos, mas eu não ligaria de fazer umas mudanças, colocar na lista mais essas duas metas e incluir no meu álbum uma foto cliché de turista fazendo graça em frente a  torre eiffel.

{Juliana Bassan Ayon}

os gifs são daquidaqui e daqui

Recomendado

2 Comentários

  1. “Se for isso mesmo além de babaca é burro porque coloca olho gordo errado no negócio.” Ai Gêmulaaaaa, ri demais! Vou amar se você ficar rica e for pra Paris, pode ser um sinal, hãn hãn? Te amo <3

  2. Se foi um sinal mesmo eu não sei, mas que eu não ligaria mesmo de ir pra lá não ligaria HASUAHSUAHUSH Daí como vou estar rica mesmo, levo você junto <3 Já pensou reunião das insanas em paris, que chique? HAHAHAHAHHA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *