o céu, o sol e as inspirações

Trilha sonora:
Eu sempre gostei de olhar o céu. Contemplar o céu, na verdade. Principalmente o nascente e o poente. Amo as cores, as texturas das nuvens, a brincadeira da luz do sol entre as transparências da nuvens e as nuances de cores diferentes que ficam no céu. É uma coisa que me acalma, que quando eu olho me dá uma paz interior difícil de explicar. A vida toda os meus caminhos pro trabalho eram opostos a direção em que o sol nasce e se põe. E depois que casei e me mudei pra minha casa, todos os dias saindo pro trabalho de manhã e voltando pra casa no final da tarde sou presenteada com paisagens que me tiram o fôlego. Hoje eu vou de cara pra eles e tenho o que sempre almejei. Me considero muito sortuda.

Daí dia desses uma dessas lindas paisagens inspirou essa foto:

a foto é da minha galeria no flickr

E tempos depois essa foto inspirou uma pintura em aquarela:

Eu ainda tô aprendendo a pintar e tô adorando! E adivinha o que eu mais gosto de pintar? Isso mesmo, o céu *-* Daí depois que comecei a pintar, eu vejo o céu como uma grande pintura mesmo. E fico olhando e pensando como seria passar pro papel, quais as nuances de cor, o azul clarinho por baixo, o amarelo por cima fazendo o reflexo do sol, o laranja avermelhado no horizonte… E só tenho uma certeza, que igual a essa perfeição da natureza nunca vou chegar aos pés. <3

 

Recomendado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *