O que eu tenho feito da minha vida?

Tantos dias passam e a gente nem vê.
Cumprimos nossas obrigações
Sem perceber ou pensar sobre elas.
Só seguimos no piloto automático.
Abra a boca.
Coloque a comida.
Mastigue.
Respire.
Lutamos todos os dias.
Não matamos um leão por dia,
como o ditado nos faz acreditar.
Negociamos com ele.
Pois no dia seguinte ele estará lá de novo.
Ele pode até nos arrancar um braço, mas a gente não vai sentir.
Porque estamos anestesiados.
Entendemos como vida o que nos é imposto.
Acreditamos no que a tevê nos empurra goela abaixo.
E também no que vemos em nosso feed do facebook.
Não pensamos mais por nós mesmos.
Não criamos opiniões próprias.
Não sabemos mais o que é discernimento.
Seguimos uma grande multidão alienada.
Obedecemos sem questionar.
Discutimos sem nos importar.
E criamos uma vida online perfeita para esconder a podridão da vida offline.
– Juh, pensando.

Recomendado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *