chovendo

As coisas nunca são tão boas quanto a forma como as imaginamos. Nunca contamos com os imprevistos. Ainda mais eu, sempre tão otimista e sonhadora. Sempre poetizando meu olhar sobre tudo. Mas o mundo não é um sonho. Existe muita poesia por aí, mas tem dias em que o mundo não é nada poético. E fica rígido, duro e grosseiro. Hoje o dia foi desses, me deu pancada o tempo todo. Voltei pra casa chovendo junto com o céu. Quase desistindo de tudo. Mas se o dia é meu, eu sou teimosa e o transformo. E busco beleza de todo jeito. Até nas lágrimas do céu escorrendo na janela do ônibus. Quem disse que não existe poesia no chover?
-Juh, chovendo.

Recomendado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *