nem viveu

Vejo rostos o tempo todo
Rostos sem expressão
Gente sem sensação
Mergulhada no lodo
Gente que sai de casa
quando o dia amanhece
E só pega o caminho de volta
quando anoitece
Gente que nem vê o filho crescer
Gente que se não fizer isso
não tem o que comer
Gente que morre pra poder viver
Trocamos vida por dinheiro
Vendemos nosso tempo
E vai chegar uma hora
Que não teremos mais tempo
As crianças terão crescido,
o cachorro envelhecido,
os pais já terão morrido…
E sobram as pessoas
Sozinhas, sem tempo
Vivendo, mas não.
Sendo engolidas pelo sistema
Gastando a maior parte da vida
Pra ganhar dinheiro
Dinheiro pra comprar coisas que nem precisamos
Que poderíamos muito bem viver sem
Dinheiro que será gasto anos tarde
Remédios pra curar as doenças
Que chegam com a idade
E acabou, morreu
Trabalhou tanto que nem viveu.

Recomendado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *