condenação

Um dor aguda

profunda e dolorida

toma conta de mim.

No peito um aperto

uma dor sem conserto

quase meu fim.

Falta o ar

não consigo respirar

sinto que morrerei.

Essa dor me domina

e me faz crer que é sina

pelo sentimento que expressei.

Sou nesse mundo toda errada

e não acho que serei perdoada

pela dor que eu causei.

– Juh, condenada.

Recomendado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *