entrega

Essa intuição gritante, que sempre esteve pulsando dentro de mim. Essa intuição que eu sempre larguei de lado, que eu não entendia, que eu tinha medo porque não sabia explicar. Ela está aqui, cada vez pulsando mais. Cada dia mais aflorada. Cada dia conversando mais comigo. Talvez seja só esse o recado: eu não preciso entender nada, eu só preciso sentir, me entregar e mergulhar.

Recomendado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *