não consigo continuar

Todos querem seguir em frente. Somos assim, seres humanos que querem sempre seguir em frente, que precisam seguir em frente, que precisam continuar, pessoas que estão sempre vivendo e tentando superar alguma coisa. Todo dia brigando com a morte. Evitando encontrá-la ao virar a esquina. Todo dia um novo passo rumo ao que se deseja, todo dia um pouco mais além. Dias que muitas vezes parecem mais um meio passo do que um passo inteiro. Outros que não saímos do lugar. Mas às vezes, como hoje por exemplo, recuamos ao invés de avançar. Como aqueles jogos de tabuleiros, sabe? Que você joga os seus dados com a maior fé, mas a soma dos dados te faz cair bem naquele lugar que te faz voltar várias casas pra trás. A sensação é a de rolar ladeira abaixo. É a de ver desmoronar os pedacinhos todos que você vinha juntando de você mesma, tão cuidadosamente, há tanto tempo. Os pedacinhos que você tinha colado com tanta cautela com superbonder, tentando deixar as menores cicatrizes possíveis. Voltaram todos a ser só pedacinhos de novo. Eu estava indo bem, estava me reconstruindo. Mas eu não consigo mais continuar. Hoje eu, mais uma vez, sou só cacos.

Recomendado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *