Sonho pra conquistá – Poesia Caipira

Hoje foi o Arraiá do @somascoletivo lá Vitrolê Cultural, sô!

E minha missão foi representar o @literocupa, junto com a Mari Scalco, e participar do microfone aberto com poesias caipiras.

E especialmente pra hoje, me desafiei e escrevi uma poesia no dialeto caipireis.

Com vocês o poema

‘Sonho pra conquistá’

Bás noite, gente bonita
Agradecida da presença
Vô conta um causo proceis
Então ceis me dê licença

Tinha um moça, minha vizinha
Que vivia num casarão
Ela era bem suzinha
Num queria casar, não

As famiage vivia comentano
que suzinha ela ia ficá doente
Mai ninguém entendia que ela
Quiria memo é sê independente

foi morá na cidade
estudô, fez faculdade
e lá pra roça ela vortô
pá dividi o que conquistô

a moça virô dotora
e foi lá das pessoa cuidá
dos moradô virô benfeitora
e passô as doença curá

As menina da vila
na moça fôro se inspirá
e até fizero fila
pra vorta a estudá

Essa história é proceis vê
que não importa o que falem docê
Se ocê tem um sonho pá realizá
O mundo é teu, vai conquistá!

Continue Reading

Coragem #DesafiodePoesia

Uma foto inspirando um poema.

Eu participo de um grupo no WhatsApp de poetas e escritores e algumas vezes o moderador nos desafia a escrever por algum meio de inspiração, seja por meio de música, filme, palavras ou foto.

O desafio de hoje era escrever um poema inspirado por essa foto aqui:

E eu gostei bastante do resultado. Espero que vocês também gostem 🙂

Coragem

Deitada no chão frio do quintal
Eu olhava pro céu, desiludida
Esperando ansiosa por um sinal
Que me fizesse sentir compreendida

Empilhada ao lado do portão
Já estava toda a minha bagagem
procurei acalmar meu coração
e busquei um resto de coragem

Destruí arquivos e reticências
Rasguei fotos e retratos
apaguei todas as evidências
joguei fora os mimos baratos

De tudo não quis levar nada
Que me trouxesse recordações
De você, meu camarada
Eu só levo escoriações

A imagem que eu vou me lembrar
é das fotos jogadas no chão
que eu fiz questão de pisar
quando saí de vez pelo portão

E amor melhor que existe
é o amor que temos pela gente
Que mesmo que se esteja triste,
preenche e nos deixa contente

E um dia ainda, eu acredito
Disso tudo eu vou esquecer
Meu coração ao invés de ser aflito
Vai de novo florescer

– Juliana Bassan Ayon

Continue Reading