trilha sonora

Vocês que acompanham o blog e a página sabem o quanto eu gosto de música e o quanto gosto de sempre colocar trilhas sonoras pra tudo, né? Faço isso em todos os posts aqui e lá na página do facebook também sempre compartilho músicas pra servirem de trilhas sonoras dos dias, porque né, com um sonzinho embalando tudo sempre fica melhor. E tudo bem misturado e instável. 😉

Um tempo atrás eu havia feito uma playlist no grooveshark com todas as músicas que já fizeram parte de toda essa instabilidade aqui do blog, mas daí o grooveshak morreu (RIP) e cabô playlist do blog. Mas agora eu fiz uma nova playlist no Spotify. <3 Por enquanto já são mais de 150 músicas, tem rock, tem pop, tem anos anos 80, tem anos 90, e tem coisa atual.

Bora lá curtir? 😉

 

o

O Instável Mundo da Juh

 

Continue Reading

músicas e clipes favoritos – parte 24

 

As Spice Girls marcaram o início da minha adolescência e até hoje sou fã de carteirinha. Essa música é a minha favorita, a que não dá pra se aguentar de vontade de dançar quando começa a tocar. Lembro de quando ficávamos eu e minha irmã, que era pequenininha e aprendeu a gostar junto comigo, fazendo juntas a coreografia no meio da sala enquanto assistíamos o clipe na MTV.

Bora dançar junto?

 

<3

Continue Reading

músicas e clipes favoritos – parte 23

Não é segredo pra ninguém o quanto eu adoro Foo Fighters. E tem várias núsicas deles que são preferidas, que dão aquele carinho especial em ouvir e que trazem lembranças. Quando eu penso em uma lista das favoritas, sempre vem a “Walking After You” primeiro na cabeça. A música é uma delícia, o clipe é perfeito e acho que é a fase que o Dave está mais gato. Mas sabe, apesar de todos os argumentos que me fazem amar “Walking After You”, essa de hoje ganha e fica no primeiro lugar. <3

 

De acordo com Dave Grohl, essa canção é dedicada aos heróis do dia-dia. <3

Continue Reading

músicas e clipes favoritos – parte 22

Hoje é dia Mundial do Rock, bebê! Mas por que 13 de julho é o dia mundial do Rock?

No dia 13 de julho de 1985 Bob Geldof, vocalista da banda Boomtown Rats, organizou aquele que foi o maior show de rock da Terra, o Live Aid. Houveram dois shows, sendo um no lendário Wembley Stadium de Londres e outro no JFK Stadium na Filadélfia (EUA). O objetivo principal era o fim da fome na Etiópia e contou com a presença de artistas como The Who, Led Zeppelin, Dire Straits, Madonna, Queen, Joan Baez, David Bowie, BB King, Mick Jagger, Sting, Scorpions, U2, Paul McCartney, Phil Collins, Eric Clapton e Black Sabbath. Foi transmitido ao vivo para diversos países e alcançou uma audiência de cerca de 2 bilhões de telespectadores em todo o planeta, em cerca de 140 países, abrindo os olhos do mundo para a miséria no continente africano. O Live Aid conseguiu em 16 horas de show acumular cerca de 100 milhões de dólares, totalmente destinados ao povo faminto da África.

20 anos depois, em 2005, Bob Geldof organizou o Live 8 como uma nova edição, com estrutura maior e shows em mais países, com o objetivo de pressionar os líderes do G8 para perdoar a dívida externa dos países mais pobres e assim tentar erradicar a miséria do mundo.

Fala se não é legal saber que esse dia não foi escolhido aleatoriamente e sim por uma boa causa dessa?

Vou confessar que foi difícil escolher uma só música pra esse post comemorativo. Pensei em tantas, considerei letras, melodias, clipes… Mas no fim escolhi essa:

 

Além de ser um clássico, também tem a ver com o meu estado de espírito de hoje.

Continue Reading

músicas e clipes favoritos – parte 21

Várias musicas marcam épocas e essa é uma delas. Ao começar a escutar pode ser que você não se lembre, mas aposto que assim que chegar o refrão você vai lembrar de já ter cantado essa parte.

 

 

O que me fez lembrar dessa música foi a cena final do filme “Amizade Colorida”, com a Mila Kunis e o Justin Timberlake. Comecei a ouvir a música e veio aquela sensação de familiaridade, de já ter ouvido em algum lugar, e aí chegou o refrão e pronto, cantei junto. E ajudou a refrescar alguns capítulos da minha memória que eu nem sabia mais que existiam. E foi bom.

Músicas também são lembranças.
Continue Reading