espetáculo.

Trilha Sonora: “To the Moon and Back” – Savage Garden

“she’s hanging all her hopes on the stars”

 

Tem dias que a gente parece ficar caçando motivos pra acreditar que a nossa vida é ruim. Sempre tem alguma coisa incomodando. Sempre tem alguma coisa que a gente coloca na lista de coisas que a gente queria mudar. Mas esquece das coisas boas e bonitas que tão ali todo dia e a gente nem dá atenção. Tanta coisa maravilhosa de graça nesse mundão e a gente aqui só dando audiência pras coisas erradas. A nossa vida é cheia de milagres diários, a gente só precisa aprender a reconhecê-los e a dar a devida importância que merecem.

image

-Juh, curtindo a praia apaixonada, feliz e inspirada pelo show da lua no céu. ♡

Continue Reading

músicas e clipes favoritos – parte 02

Essa semana na MTV Brasil tem passado clipes antigos, da época que eu ainda assistia,  por conta do aniversário da emissora. Todo adolescente tem seu “Momento Mtv”, né? Eu lembro que eu comecei a assistir lá por 1996 e perdurou até mais ou menos 2002, quando eu comecei a namorar. Mas o ápice eu acredito que tenha sido 97/98 mesmo. Eu sabia tudo o que tocava lá e marcava todo dia as posições do Disk num caderno, e de sábado as do Top 20. Mania que depois foi repassada pra minha irmã caçula, já que por motivos óbvios, chegou uma hora em que marcar as posições do Disk e do Top 20 não eram mais assim tão importante na minha vida, né. A gente cresce.
Mas tem coisas que ficam. Essa minha época de fanática da Mtv foi gostosa. As músicas que eu ouvia continuam fazendo parte da minha vida e posso afirmar que ajudou na construção do que eu sou hoje. Os amores da minha vida eram o Dave Grohl, ex-baterista do Nirvana e vocalista/guitarrista do Foo Fighters; o Tré Cool, baterista do Green Day e o Kevin Richardson, dos Backstreet Boys. E eu sonhava em cantar como a Alanis Morissete e queria a atitude + o Girl Power das Spice Girls. Ah, e o cabelo da Geri Halliwell, a Ginger Spice, minha favorita! ♥
Hoje eu continuo fã de todos eles e mais muitos outros dessa época, já que as músicas que embalaram a minha vida quando eu tinha 12 anos, continuam fazendo parte da minha trilha sonora até hoje.
Daí eu lembrei da música “Truly, Madly, Deeply”, toda romântica, de 1997. E lembrei da minha favorita do Savage Garden, que é essa que eu vou postar hoje. Ela é pra mim a melhor música de amizade/amor/apoio que eu já ouvi. E me diz, não é exatamente o que você gostaria ouvir de alguém quando tá na pior?

Continue Reading